P E
  • Home
  • Códigos e Regulamentos
  • Regulamentos Externos
 REGULAMENTOS EXTERNOS    
 
A Fundiestamo sendo uma sociedade detida inteiramente pela Parública que, por sua vez, é integralmente detida a 100% pelo Estado, está sujeita à legislação que enquadra a actividade das empresas do Sector Empresarial do Estado, a qual se encontra sistematizada no Decreto-Lei nº. 133/2013, de 3 de Outubro, que estabelece os princípios e regras aplicáveis ao sector público empresarial, e no Decreto-Lei nº. 71/2007, de 27 de Março, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 8/2012, de 18 de Janeiro.
A Fundiestamo está ainda sujeita ao controlo financeiro por parte do Tribunal de Contas no quadro do acompanhamento das empresas de capital público de acordo com o enquadramento definido pela Lei 98/87, de 26 de Agosto, com as alterações introduzidas pela Lei 48/2006, de 29 de Agosto.
Releva ainda o facto de a Fundiestamo enquanto sociedade de capitais públicos estar ainda sujeita ao escrutínio da Inspecção Geral de Finanças.
A Fundiestamo está ainda sujeita à supervisão do Banco de Portugal e da CMVM – Comissão dos Mercados de Valores Mobiliários relativamente à prestação de informação económica e financeira e cumprimento da legislação aplicável às sociedades gestoras de fundos de investimento imobiliário.
A Fundiestamo aderiu no desempenho da sua actividade ao Código de Ética da APFIPP - Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios.
Por último, a actividade da empresa e dos seus colaboradores está sujeita ao cumprimento das mais elevadas regras de transparência, rigor, formalismo, profissionalismo, idoneidade e segurança relativamente ao desempenho da sua actividade e ao exercício das suas funções.